Solidão....




A solidão e a tristeza que batem no compasso do meu coração, dói na pele e não somente na alma!

Lágrimas silenciosas...
Choro contido...

Soluços sussurrados denunciam a incerteza desse Ser que sou? ou que há em mim...

Passado doloroso...
Presente incerto...
Futuro, existe?


Apreensões da alma,
Passos inacabados,
Direções inversas, opostas...
Descaminhos,
Desventuras,

Surpresas,
Gritos, lamentos...
Vidas em laços desfeitos.


Esperanças naufragadas,
Desconfianças!


Sombras,
Escuridão,
Infinitude!


Espera interminável,
Felicidade, um dia?!?


Devaneios...
Lucidez?

Comentários

o casalqseama* disse…
Milágrimas

Em caso de dor ponha gelo
Mude o corte de cabelo
Mude como modelo
Vá ao cinema / Dê um sorriso
Ainda que amarelo, esqueça seu cotovelo
Se amargo foi já ter sido
Troque já esse vestido
Troque o padrão do tecido
Saia do sério / deixe os critérios
Siga todos os sentidos
Faça fazer sentido

A cada mil lágrimas, sai um milagre

Caso de tristeza, vire a mesa
Coma só a sobremesa
Coma somente a cereja
Jogue pra cima, faça cena
Cante as rimas de um poema
Sofra penas, viva apenas
Sendo só figura ou loucura
Que sabe casando cura
Ninguém sabe o que procura
Faça uma novena, reze um terço
Caia fora do contexto
Invente seu endereço

A cada mil lagrimas, sai um milagre

Mas se apesar de banal
Chorar for inevitável
Sinta o gosto do sal do sal do sal
Sinta o gosto do sal
Gota a gota, uma a uma
Duas três dez cem mil lágrimas
Sinta o milagre

A cada mil lágrimas, sai um milagre

(Itamar Assunção – Gravada por Zélia Duncan)




Espero que seja algo de bom...
Bjão da Fê =D
Monday disse…
a sós ou não ... situações passageiras, prós e contras ... mas para quem está só, se algo mudar, sempre mudará pra melhor ...
Mary disse…
O futuro não só existe, como insiste! Presta atenção para os sinais... e não deixa de fazer nada por medo de tropeçar. As pedras são pro castelo, lembra?
Beijos imensos.
Mary disse…
O futuro não só existe, como insiste! Presta atenção para os sinais... e não deixa de fazer nada por medo de tropeçar. As pedras são pro castelo, lembra?
Beijos imensos.
myra disse…
solidao eterna....é um pesadelo...trata de nao entrar nesta...animo, a vida é linda...carpe diem....

Postagens mais visitadas deste blog

Vencendo etapas...

Cartas de amor

Olhos de Carvão - Afonso Borges