Onde?



Te procurei em todos os lugares...
Através da vidraça da janela...
Na brisa que soprava no meu rosto...
No canto dos passarinhos...

Na água dos rios...
No azul do céu...
Naquelas estrelas que brilhavam!
Na lua tão bela que foi testemunha de imenso amor....

Nos risos de cada criança...
No vôo tranqüilo de cada pássaro...
E na respiração de cada dia!
Mas não te encontrei...


Minha busca continua...
Por vezes dolorida...
Ansiosa...
Desesperada...

Mas certa de que um dia eu te encontrarei ou você me encontrará!

Letícia Alves

Trilha do momento
Les jours tristes
Yann Tiersen
Tema do filme O fabuloso destino de Amélie Poulain

Comentários

Julio Melo disse…
bjos

pq meu dardo é menor??
hehe
ALiNE PATRíCIA disse…
Oi Let!

Depois de tantos problemas voltei ao meu blog, adorei o poema querida, me fez refletir sobre muitas coisas!

Bjs
glória disse…
Que belo poema! Amo Yann Tiersen, conhece uma versão em que ele canta Les jours tristes? As buscas amorosas devem seguir, sào elas que nos mobilizam e comovem em busca de mais vida não ë? abraço.
Mary disse…
Ah, e esse encontro acontece mesmo!
Quer apostar?
Beijos, querida.
o casalqseama* disse…
tudo lindo...
imagem, palavras e o objeto de inspiração!



ah, vão se encontrar, sim... o universo conspira a favor dos que são do bem! =D



bjão da fê =D
Ric@rdo disse…
Melhor se tudo se der ao mesmo tempo. Um encontrar o outro ao mesmo tempo...

Beijo.

Postagens mais visitadas deste blog

Vencendo etapas...

Cartas de amor

Olhos de Carvão - Afonso Borges