O encontro...





Fim de tarde!

Os raios do sol se pondo no mar e na areia ela sentada contemplando a beleza imensa que se perdia no horizonte. Ele se aproxima devagar, senta ao seu lado e contempla com ela a mesma beleza que a encanta.E eis que subitamente ele vira o rosto e a olha, a contempla maravilhado com a negritude de seus cabelos brilhantes pelos últimos raios daquele dia.

Aproxima sua mão que acaricia seus cabelos, os afastando do seu rosto, ela se vira e o olha, sorri. Um sorriso contido mas que consente aquele toque, aquele afago.

Em silêncio ele se aproxima, e ela sente o coração bater mais forte, e seu corpo se aquece.

Ouve a respiração dele mais perto, seu hálito doce e quente que se transforma em um beijo cálido, caloroso, lindo, apaixonado.

Ficam assim colados, um só corpo, nós....


Em silêncio se levantam de mãos dadas e andam pela areia coroados pelo brilho da lua, caminhando juntos, na mesma sintonia, no mesmo ritmo.

Olham ao redor e só há eles e ninguém mais, apenas o encontro desejado.



Letícia Alves


Trilha do momento
Losing my religion
REM





Comentários

Avassaladora disse…
Que bonito!
Vc esvreve muito bem...
Ainda não cheguei nesse estágio...
Falta muito!
Nem sei se algum dia vou conseguir escrever assim...rs
Obrigada pelo seu carinho!


Abraços
caurosa disse…
Olá querida amiga Letícia (Tempestade) Alves, que belo encontro de amor,tendo como testemunha o por do sol, que fim de tarde maravilhoso. Pura magia, adorei.
Coincidência ou não, eu acabo de postar uma poesia do Alvin L. com tema semelhante. Muita paz e alegria.

Forte abraço

caurosa
myra disse…
hermosa!
que bem escreve!
beijos

Postagens mais visitadas deste blog

Vencendo etapas...

Cartas de amor

Olhos de Carvão - Afonso Borges