Dias...


E eis que os dias se seguiram como quaisquer outros,

Mas a vida não ia ser a mesma dali pra frente!

Olhares entrecruzados, vidas enlaçadas, mesmo que por pouco tempo,

Como tempos depois eles descobririam.

O que valeu foram as risadas, as conversas, as tristezas, o ombro, o que mais de precioso tinham!

Até que um dia, dos muitos que já tinha se passado, tudo acabou!

Cada um se voltou pela estrada que tinham caminhado.......

E eis que novos dias viriam......

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vencendo etapas...

Cartas de amor

Olhos de Carvão - Afonso Borges