Eis...



Eis...a mesma coisa...
Dias que se vão e dias que chegam.
Mas sempre um dia após o outro costuma ser melhor, ou pelo menos é o que se espera sempre!
Porque às vezes não se tem tempo pra dar um oi? falar que se gosta e sente falta, será que a vida tem que ser nessa velocidade absurda nos imposta?
Penso que cada um tem que escolher seu caminho e as consequências dessas escolhas....
E vou eu ficando com meus pensamentos, os papéis, os livros, verdadeiras companhias e amigos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Rubem Alves Essencial : 300 pílulas de sabedoria

Histórias não (ou mal) contadas: Revoltas, Golpes e Revoluções no Brasil - Rodrigo Trespach

Mapa de influências literárias