domingo, 13 de novembro de 2016

A Costureira de Khair Khana - Gayle Tzemach Lemmon



Imagem retirada da internet

Comecei a ler o livro e o escolhi mesmo pela capa e considerando a breve sinopse. Estou atualmente lendo mais e-books pela falta de espaço e pela praticidade. Tenho mantido ou adquiro somente livros com capas bonitas, capa dura, e também aqueles em que tenho autógrafos.

Não conheço a autora, mas em uma breve pesquisa pela internet, é uma jornalista, escritora e pesquisadora e tem escrito sobre a condição das mulheres em áreas de guerra, como Afeganistão (onde se passa esse livro), com foco nas questões humanitárias, principalmente, em relação a condição das mulheres nesses países. É membro sênior do Conselho de Relações Exteriores nos EUA, e também já participou do TEDxWomen em 2011, data do lançamento d'A Costureira de Khair Khana.

É um livro curto, tem 213 páginas e já começa com a ida da repórter para Cabul, e sempre com a ajuda de contatos locais como já vemos nos noticiários, em relatos de correspondentes de guerra.

A história de Kamila Sidiqi e sua família é o retrato fiel do que temos acompanhado pela televisão e atualmente em tempo real pela internet. Cidades tomadas, sem luz, água, hospitais, e a vida normal. Mortes e prisões e sempre a tentativa de mudar a realidade e ser livre novamente, como no relato dessa família de Khair Khana e Cabul. 

Os detalhes das refeições na casa de Kamila, o medo, a tensão no ar são tão nítidas que nos transportam para o local dos fatos. A ansiedade por mudanças e a cada sobressalto da família nos fazem também nos sobressaltar a cada página que vamos mudando.

É uma história de resistência, colaboração e amizade! Tudo para enfrentar o regime do Talibã. Nos faz pensar sobre a guerra, os medos, e as incertezas do futuro.

Ah, pesquisando, encontrei uma foto da Kamila, vejam abaixo. 


imagem retirada da internet
  
Recomendo a leitura! Com certeza já tem vários livros sobre a temática, mas gostei bastante desse!


Por Letícia Alves