quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Saudades...

E a vida é feita daqueles momentos: os bons, os ruins, a alegria, a tristeza e a saudade.
A saudade, esse sentimento que nos corrói a alma, nos deixa imóveis, distantes, reflexivos. É o mesmo sentimento que nos faz sentir que aqueles momentos e/ou pessoas foram importantes, diria até mesmo, cruciais para a nossa existência. 
É assim dessa forma que me sinto no dia de hoje. Há exatamente 14 anos, meu pai se foi, mas como o tempo é paradoxal, é um longo período e ao mesmo tempo, foi ontem.
Sinto muita falta dele, das risadas, dos casos que ele contava. Das peculiaridades que o "Seu" Emiliano tinha. Sujeito ímpar, que partiu jovem, e que sempre estará em meu coração e em minha memória.





Pai, muito obrigada por seus ensinamentos, sua presença de espírito, seu enorme coração, sua risada tão alegre e por ter me dado a oportunidade de ser sua filha. Sei que onde estiver junto com mamãe, olha por mim!

Saudades eternas!


Por Letícia Alves

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

A linhagem - Camila Dornas

Conheci a Camila Dornas em um evento de lançamento de livros aqui em Belo Horizonte no início de 2013. Assim como essa jovem autora, outras participaram do evento e desde então tenho lido novas histórias e dando espaço para a nova literatura nacional.



Camila Dornas e eu - Março de 2013
Foto: Juvio ER Oliveira


Foto: Juvio ER Oliveira




A sinopse do livro A linhagem destaca um pouco da história contada: Londres do século XVIII. A capital da Inglaterra era um dos mais importantes centros do mundo. Vestidos pomposos, elegância e boas maneiras. Um tempo onde as posses e a reputação regiam a sociedade. A igreja possuía poder absoluto e condenava aqueles os quais pesava a suspeita de bruxaria – a arte oculta temida e repudiada pelo senso comum. Nesse cenário intimidador, surge uma mulher especial, com dons inimagináveis. E um destino grandioso... 

A minha percepção da leitura parte do princípio que eu esperava um romance histórico fictício e de fantasia. No geral, a história me agradou no que se trata de divertimento e da narrativa, mas confesso que esperava mais da trama.
Talvez para o livro de estreia a autora não explorou todo o potencial que ela me apresentou na escrita, faltou alguns elementos na amarração da história, como eventos históricos relacionados e maior densidade para o final.
De qualquer forma, foi uma leitura agradável do ponto de vista do divertimento e distração, opções que a leitura nos proporciona.

Aguardo novos textos da Camila, já mais amadurecida e com outras temáticas.

Por Letícia Alves

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Pensamentos & Tempestades...


Foto: Juvio ER Oliveira


Invisível e tênue linha
No horizonte que
Se perde
Entre tantos
Gestos e sussurros que
Ultrapassam as barreiras de um coração, antes
Rebelde, mas que
Aprendeu a amar, e ainda erra.




Por Letícia Alves

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Freud Me tira dessa! - Laura Conrado

Freud, Me tira dessa! é um daqueles livros leves, divertidos, mas que nos deixam uma lição e grata surpresa. Eu digo lição, pois para mim a literatura tem esse papel também, além do divertimento, da reflexão, da informação, também o de nos deixar algo em que pensar.


Olha que legal!
Foto: Juvio ER Oliveira

Li o livro em apenas dois dias, as aventuras da Catarina, suas amigas e amigos, toda a dinâmica da história, nos faz mergulhar na personagem e vivenciar cada dia, cada hora dela nas sessões de psicoterapia. Na busca do "corpo perfeito", nas trapalhadas no território da conquista. Você vai rir muito, mas também vai se emocionar, com essa mulher, misto de menina e mulher em várias ocasiões. E digo que até vai se identificar com algumas da atitudes dela.

A dinâmica da história nos faz querer chegar logo ao final para ver o que Catarina vai aprontar mais uma vez e qual o desfecho para tantas trapalhadas.



A escrita da autora é leve, descontraída e muito prazerosa de se ler, e em alguns momentos me lembrou a escrita da Janaína Rico (outra autora que recomendo vocês conhecerem, tem resenha aqui).



Meu exemplar autografado
Foto: Juvio ER Oliveira


Para quem quer se divertir e ao mesmo tempo vai se identificar com atitudes da personagem, vale muito a leitura.

Recomendo!



Por Letícia Alves



quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Blog Action Day 2013 - Human Rigths


O Blog Action Day é um evento anual que congrega no mês de Outubro, blogs do mundo inteiro em torno de uma temática de importância para o planeta. Esse ano o tema é Direitos Humanos.

De acordo com a Declaração Universal dos Direitos Humanos datada de 1948, em seu preâmbulo, temos a seguinte afirmação:

Considerando que os povos das Nações Unidas reafirmaram, na Carta da ONU, sua fé nos direitos humanos fundamentais, na dignidade e no valor do ser humano e na igualdade de direitos entre homens e mulheres, e que decidiram promover o progresso social e melhores condições de vida em uma liberdade mais ampla, … a Assembleia Geral proclama a presente Declaração Universal dos Diretos Humanos como o ideal comum a ser atingido por todos os povos e todas as nações…”
Preâmbulo da Declaração Universal dos Direitos Humanos, 1948

Infelizmente o que temos assistido pelo mundo inteiro é o desrespeito à dignidade humana, ao próximo. A vida se banalizou de tal forma que a fome, as doenças tem assolado a humanidade, e os governantes e nós mesmos, os que estamos ali do lado de alguém nessas condições, não somos solidários e não procuramos auxiliar.
É claro, que os governos tem a obrigação de implementar políticas públicas para melhoria da vida da população, incluindo desde o direito básico à alimentação, ao ir e vir, assistência médica, até os mais complexos, como o direito à paz (não viver em um país em constante guerra).
Pensar a humanidade, a sua evolução, é pensarmos em como podemos mudar a história, pois os Direitos Humanos estão aí, escritos, conhecidos mundialmente, porém, não cumpridos. 
É hora de sermos solidários com nosso irmão, e agirmos no momento do voto para mudar nosso país.
Vamos mudar!
Por Letícia Alves

*esta postagem faz parte do Blog Action Day que acontece todos os anos na Internet em prol de um tema. 

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Linhas...

Foto: Arquivo Pessoal


Meu mundo,
Em cinzas,
Linhas que
Alcançam,
Nuvens dispersas, de cor de
Chumbo.
Olho e percebo na tênue
Linha da vida, uma
Ilha e um naufrágio há vista.
Abraços que faltam nessa imensidão...



Por Letícia Alves


 

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Inverno de Cinzas - Adriana Brazil



Da série "Foi assim que te amei", o livro Inverno de Cinzas me cativou. A história de Helen e Andrew continua de forma tão intensa e especial. Curiosa para saber o que está por vir na continuação do livro 3 - Primavera de Cores, que segundo a Adriana será lançado no próximo ano.


Um trecho do livro que está por vir, nos mostra como serão intensas as próximas estações:



“Aquela Primavera foi intensa em suas cores... Ela trazia um misto de saudade e alegria, de um tempo marcado pelo cessar da chuva. As flores brotavam, os pássaros incansavelmente davam voz a elas. Pois silenciosamente elas apenas exalavam um doce aroma, um suave perfume. Helen Castilho”



Eu confesso que as palavras da Adriana Brazil me encantaram e o seu jeito de contar histórias é diferente de qualquer outro autor (a) que eu já li. Já disse antes que romances nunca foram o meu forte em leitura, mas a partir da vivência com o texto da autora, minha concepção mudou (pelo menos para os textos dela).

Nessa continuação, as dificuldades e tristezas que vão permear a história de Helen e seu amado, Andrew, nos cativa, nos faz estar atentos às coisas do coração, ao trato nas questões Divinas e principalmente na superação das angústias e do deserto que por vários momentos na vida, a gente passa.

Pude refletir sobre a solidão, o medo, a esperança, a fé, a alegria e tantos sentimentos conexos e desconexos no nosso viver. A autora conseguiu com sua sensibilidade, me sensibilizar e trazer à tona mais uma vez em mim, a esperança e a fé no Altíssimo.

Eu recomendo a leitura para todos aqueles que se encontram desesperançosos, angustiados, deprimidos e sem fé para seguir adiante. Exemplos de determinação e coragem sempre são bem-vindos e fazem com que a gente consiga seguir em frente.

Por Letícia Alves




terça-feira, 1 de outubro de 2013

Outubro...

Foto: Juvio ER Oliveira


E outubro chegou...
Um novo mês...
Novas histórias...
Desejo de renovação.

O ser humano cortou o tempo em fatias,
E cada uma delas nos inspira a renovar,
Refletir,
Enamorar-se da vida,
E brindar o renascer de cada dia.


Que seja um lindo mês,
De novidades,
Vida,
Abundância e felicidades diárias.



Por Letícia Alves