terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Resultado do sorteio...

E hoje o blog faz 4 anos... aeeeeee..... 

E para comemorar, fiz o sorteio (obaaaaaaaaaaaa!) e já temos uma sortuda.

Espia só:



E...








E a sortuda foi...










Calma...






Só mais um pouco...






E....






Parabéns, Myl!


Espero que goste da leitura, como eu gostei!

E aguardo seus dados para envio.

Manda um e-mail pra mim: leticia.alves@gmail.com


Obrigada a todas que participaram e espero que tenhamos mais e mais 4 anos vindouros...

domingo, 26 de fevereiro de 2012

O Artista

Cena de O Artista


E em um belo início de noite, num sábado quente de fevereiro, fui mais uma vez fazer um programa que gosto muito: ir ao cinema.

O filme escolhido foi O Artista, sim, aquele mudo e em preto e branco em pleno século XXI. Momento de 3D, quiçá 4D e seus óculos que prometem uma visão muito além do que você verá na telona.

E quando entrei na sala aconchegante de um dos últimos cinemas de rua de Belo Horizonte, e após um trailler, me senti na década de 30, vendo um filme, imaginativo, divertido, emocionante e que com certeza me cativou.

Não preciso dizer da grande ideia desse cineasta até então desconhecido do público e o próprio Dujardin. Pra mim foi um dos melhores filmes que vi nesses últimos tempos.

Superou minhas expectativas e sai leve do cinema, com uma sensação de pertencer a outro tempo.

Recomendo!

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

O diário secreto de Miss Anne Lister

Assim como livros nos escolhem, eu penso que filmes fazem o mesmo.

Capa do dvd produzido pela BBC de Londres

Ontem assisti ao filme "O diário secreto de Miss Anne Lister", e vasculhando por aí na internet encontrei esse filme que é de 2010, somente resenhado e noticiado em sites e/ou blogs que tem a temática GLS ou simplesmente lébisca. A descrição do filme é muito restrita, quando se fala assim sobre a história:  "No século XIX, em Yorkshire, na Inglaterra rural, uma rica órfã, Anne Lister, vive com uma tia e um tio, ansiosos para que ela se case bem e alegremente inconscientes de que ela é lésbica. Seus pensamentos e façanhas ficaram registrados em um diário codificado."

Cenas do filme. Nessa foto uma parte do diário
Para mim o filme vai para além dessas simples linhas, ele nos mostra além do comportamento social de uma época, outros valores e sim uma lição de vida e amor. Além de um pano de fundo ou mesmo o elemento principal que me chamou a atenção de imediato: a leitura e a escrita. Uma mulher que lia e escrevia e se dedicava aos estudos naquela época, e mais, ainda acabou por dirigir os negócios da família ao herdar uma propriedade, é uma personagem de extrema importância e força para a Inglaterra do século XIX e até hoje, mesmo no século XXI.

Os conflitos vividos por Anne, as decisões que ela deve tomar em várias situações, não se diferem muito do que nós mulheres passamos em nossos dias. 

Outra cena do filme

E sobre o amor que Anne viveu, esse independente da orientação, é belo, sublime, verdadeiro e que de tão forte, a leva a passar por cima de barreiras e preconceitos.


Recomendo pela história e pela bela fotografia! e vá assistir sem preconceitos!

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Dias de sol...



Era sim um dia de sol,
Se levantou,
Abri as cortinas,
O sol entrou.


Passarinhos cantando,
Aroma de café,
Sonhos pela casa.


Dia tranquilo,
Em pauta,
O sorriso.


Ruas,
Avenidas,
Paralelas.


Fim do dia,
Entardecer vermelho,
Nuances,
De uma vida,
Vivida...


Sonhos,
E canções,
Um bolero,
De Ravel.


Por Letícia Alves

Bolero de Ravel.MP3

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Sorteio descomplicado de aniversário...




No dia 28 de fevereiro, o blog completará 4 anos. E se você quiser conhecer meu primeiro post, é só clicar aqui.

Comecei esse blog de forma despretensiosa, e através dele conheci gente boa, gente ruim, já ri, já chorei. Aprendo a cada dia, compartilho minhas linhas e me distraio.

Não tenho grandes ambições com ele, como vejo por aí na blogosfera, apenas quero expor minhas linhas e se alguém as ler e gostar, já sinto uma pontinha de felicidade.

E para comemorar mais um aniversário, resolvi sortear um livro entre aqueles/aquelas que comentarem nesse post.

Será contabilizada apenas uma participação por pessoa, tem que ter endereço de entrega no Brasil e somente neste post. Simples assim. Você vem comigo?


O livro que vou sortear, talvez muita gente já leu, mas também pode ter alguém que queira ainda ler. É esse aqui.





E vocês podem ler minha resenha no blog Universo Literário.

Bem, então é só deixar um comentário nesse post de hoje (16 de fevereiro) até o dia 27 de fevereiro.

O sorteiro será no dia 28 de fevereiro - aniversário do blog, pelo sistema Random.

Espero você!

Por Letícia Alves


domingo, 12 de fevereiro de 2012

Sonhos e desejos...



Eu só tinha aquele desejo antigo, 
de sorriso nos lábios, 
cabelos ao vento, 
pés descalços...


Era aquela menina,
sonhadora,
alegre e,
esperançosa...


Eu só tinha aquele desejo antigo,
de mãos dadas,
olhares trocados,
palavras sussurradas...


Era aquela menina,
sonhadora,
vislumbrando,
seu dia,
de mulher...


Eu só tinha aquele desejo antigo,
de abraço apertado,
coração acelerado,
mãos trêmulas...


Era aquela menina,
sonhadora,
com olhar perdido no horizonte,
a caminhar...


Eu só tinha aquele desejo antigo,
de afago sem hora,
beijo terno,
amor...


Era aquela menina,
sonhadora,
que perdeu tudo,
e não teve,
o que sonhou, desejou...


Por Letícia Alves

Comemorações...



Nesse mês de fevereiro o blog vai completar 4 anos...

Aguarde informações sobre um sorteio que irei fazer...


quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Decisões...









"Se não faz sentido, discorde comigo
Não é nada demais, são águas passadas
Escolha uma estrada
E não olhe, não olhe pra trás"



Não olhe pra trás - Capital Inicial








domingo, 5 de fevereiro de 2012

Vidas... Viver...



Sempre me deparo com esse pensamento bem interessante, quando abro alguns sites:

"Viver é perder cascas continuamente."

Então, vivemos e nos renovamos a cada dia, pelo menos é isso que espero e tento sempre.

Ontem (04/02) foi meu aniversário, então perdi mais uma casca e me renovei para esse ciclo que chegou. É meu segundo aniversário sem mamãe (que se foi em Agosto de 2010), o primeiro foi muito dolorido e com um vazio enorme, esse foi mais alegre e o vazio sempre existirá, enquanto eu cá estiver.

Mas para não ofuscar minha alegria diária, e nem a de uma data comemorativa como essa, eu sempre lembro dela com carinho e de um dos ensinamentos mais preciosos entre tantos que eu guardarei e levarei comigo para toda a vida. Quando eu estava triste e meio perdida e conversava com ela, mamãe sempre dizia: "Minha filha, firma o corpo e siga em frente." É assim que sigo quando penso em desmoronar ou quando a falta dela aperta mais do que eu possa suportar.


Agradeço por mais um ano que chegou e por esse anjo que tenho sempre comigo.

Te amarei pra sempre mamãe!

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Fevereiro...





E o meu querido mês chegou...
Este é o meu mês...
Novinho em folha para escrevermos mais histórias.


Seja bem-vindo!