segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Tempo que passa....



E há 3 anos atrás eu iniciava minha incursão pelo mundo dos blogs.
Iniciava com esse texto aqui.

De lá pra cá muita coisa aconteceu (boas e ruins), e aqui sou mesma, minhas aflições, meus pensamentos, as coisas que gosto, minhas opiniões.....

Obrigada a todos e todas que por passam, àqueles que permaneceram e sigamos em frente por anos e anos....

Não é fácil, mas com certeza é possível!

Resultado do sorteio....



Bem, chegou o grande dia!
Tivemos as seguintes participantes:



  1. Nade
  2. Vanessa
  3. Menina no Sotão
  4. Ingrid
  5. Niina
  6. Cris Mitsue
  7. Wânia
  8. Fernanda Magalhães
  9. Cris
  10. Nany C.
  11. Ane
  12. Sanzinha
  13. Poetriz
  14. Sonhos e Melodias
  15. Mahria
  16. Mylla Galvão
  17. Teresa Cristina

Fiz o sorteio via Random e agora o resultado.....





E a sortuda foi.................




Sanzinha


Parabéns!!!! 


Envie seu endereço para correspondência para o e-mail: leticia.alves@gmail.com




Obrigada a todas pela participação e continuem prestigiando o blog que hoje completa 3 anos no ar.


Beijos!

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Último dia...


Hoje é o último dia para inscrição no sorteio de aniversário do blog.
Aceitarei inscrições até as 23:59 h de hoje, mas somente no link aqui, e dentro das regrinhas estabelecidas.
O sorteio será no dia 28 de fevereiro, dia do aniversário do blog.


Lista atualizada até o momento de participantes: 






Aguardo vocês!
O resultado sai amanhã!

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Saudades?



Saudades nascem e,
Morrem no peito...


Palavras que jamais foram faladas,
sufocadas.


O ritmo da respiração,
antes ofegante,
agora é calma,
quase nada.


Os olhos já não brilham,
tudo é frio...


E o último suspiro,
se foi...
junto daquele perfume que ficou.....


Por Letícia Alves 

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

127 horas...


De vez em quando é preciso mostrar ao ser humano que o egoísmo não levar a lugar algum.... ou melhor.... leva sim: à solidão.....
127 horas é um desses filmes que nos fazem pensar.


Só posso dizer que é pra pensar nas pequenas coisas da vida.
E saí do cinema com a sensação de que realmente é o detalhe que faz toda a diferença.
James Franco está ótimo no papel de Aron.




Recomendo!



terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Tá quase...


E então pessoal, animados?


Tá quase chegando a hora do sorteio.

Então vou postar aqui a lista das pessoas que estão participando. Aí já fica mais organizado pra mim. (a lista eu fiz de acordo com a ordem de aprovação dos comentários está bem?).
O sorteio será realizando no dia 28 de fevereiro (dia do aniversário do blog), e será via Random.
Quem quiser participar, é só clicar lá no selo do lado direito e seguir as instruções.


Participantes:



  1. Nade - http://www.blogger.com/profile/11426504415642108297
  2. Ingrid - http://www.blogger.com/profile/11356009300767795396
  3. Niina - http://www.blogger.com/profile/16841824180305846601
  4. Menina no Sotão - http://www.blogger.com/profile/07006497786601275961
  5. Vanessa - http://www.blogger.com/profile/03793215093527052114
  6. Cris Mitsue - http://www.blogger.com/profile/10344797286578404037
  7. Wania - http://www.blogger.com/profile/10737276991644832410
  8. Brisa Feliz - http://www.blogger.com/profile/03931109477976407298
  9. Cris - http://www.blogger.com/profile/04881027246045350759
  10. Nany C. - http://www.blogger.com/profile/02003145560846569999
  11. Ane - http://www.blogger.com/profile/13407795605057324621
  12. San - http://www.blogger.com/profile/15878258756037433071
  13. Poetriz - http://poetriz.wordpress.com/
  14. Sonhos e Melodias - http://www.blogger.com/profile/06318105300724961942





Boa sorte a todos!


segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

O Discurso do Rei


Ter fé em si e seguir adiante.

Pra mim é um resumo possível dessa história real e que merece ser premiada com o Oscar de Melhor Ator para Colin Firth que está perfeito no papel de George VI.
Para ouvir o discurso, clique aqui.


Quem não viu, veja!

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Você se foi...



Abro,
a porta,
E você 
não está.

O silêncio da casa,
Me lembra,
que você 
se foi.

E era,
tão cedo,
pra você ir...

Sinto,
sua falta,
seu sorriso,
suas palavras...

E tudo,
sempre,
me faz
lembrar 
de você.

Saudades mamãe!

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Procuro....




Eu olho para o seu sorriso, tentando encontrar aquele sentimento tão forte que existia.
Releio suas doces palavras, tentando (re)encontrar a doçura da paixão.
Ouço sua música, tentando ouvir os sons do seu sorriso e o bater do seu coração.
E em todos os detalhes eu tento encontrar aquilo que houve um dia, mas tem sido em vão....

Por Letícia Alves

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Beijar...

Ainda com sentimentos da leitura compartilho com vocês um trecho especial.


"No começo, Liesel não conseguiu dizer nada. Talvez fosse a súbita turbulência do amor que sentiu por ele. Ou será que sempre o tinha amado? Era provável. Impedida como estava de falar, desejou que ele a beijasse. Quis que ele arrastasse sua mão e a puxasse para si. Não importava onde a beijasse. Na boca, no pescoço, na face. Sua pele estava vazia para o beijo, esperando."
A Menina que roubava livros
Markus Zusak
p.448 


E não se esqueçam de participar do sorteio, é só clicar no selo do lado direito e ler as instruções.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Aniversário do blog....


No dia 28 de Fevereiro o blog faz 3 anos de existência. Com algumas mudanças, maturidade na escrita, conhecendo novas pessoas. Compartilhando risadas, tristezas, preocupações diárias, a vida na sua plenitude.
Apenas estamos na internet, mas tudo que se passa é a vida real.
Então convido a todos a participarem da promoção de aniversário do blog.

As regrinhas são as seguintes:

1) Morar no Brasil ou ter alguma pessoa morando no país e que possa receber o presente surpresa que irá via Correios;
2) Ser seguidor (a) do blog;
3) Deixar um comentário nesse post e somente neste no seguinte período: 14 de fevereiro ao dia 27 de fevereiro. O sorteio irá ser realizado no dia 28 de fevereiro - data do aniversário do blog.Só serão aceitas inscrições nessa data.


Participem!

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Segurança...



Responde-me quando eu clamar, ó Deus da minha justiça! Na angústia me deste largueza; tem misericórdia de mim e ouve a minha oração.
Filhos dos homens, até quando convertereis a minha glória em infâmia? Até quando amareis a vaidade e buscareis a mentira?
Sabei que o Senhor separou para si aquele que é piedoso; o Senhor me ouve quando eu clamo a ele.
Irai-vos e não pequeis; consultai com o vosso coração em vosso leito, e calai-vos.
Oferecei sacrifícios de justiça, e confiai no Senhor.
Muitos dizem: Quem nos mostrará o bem? Levanta, Senhor, sobre nós a luz do teu rosto.
Puseste no meu coração mais alegria do que a deles no tempo em que se lhes multiplicam o trigo e o vinho.
Em paz me deitarei e dormirei, porque só tu, Senhor, me fazes habitar em segurança.
Salmos 4

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

(Re)dividir....


Engraçado como as pessoas esperam que sejamos sempre fortes e até nós mesmos nos cobramos essa tão falada fortaleza. E não se admite o choro, a tristeza, a falta do riso, da gargalhada que se ouve ao longe.
Problemas, ah, todos nós temos e então é latente quando alguém se aproxime e pergunta: "Tudo bem?" e geralmente seremos impelidos a esperar sempre uma resposta positiva e se o seu interlocutor já inicia a resposta com um "Não.", ouvirá alguma frase que irá desviar da resposta e então cairá por terra.
É meu caro, ninguém quer saber da dor alheia, do problema que está acontecendo. Mesmo que todos nós tenhamos problemas e uma dor, será que é difícil compartilhar? Dar a mão, um ombro ou apenas seu silêncio mas com um toque de mãos reconfortante, um abraço amigo.
Ouvi alguém dizer (não sei a fonte) que ao dividirmos nossa dor, ela diminue e pode até sumir. 
Mas quando não se tem ninguém para fazer isso, ela parece nos inundar e aumentar a cada dia.....

Por Letícia Alves

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

(In)dor...





É latente que o ser humano tem angústias diárias, ligadas aos mais diversos recantos d'alma. Tem dias que ela aparece latente, forte, praticamente real, chega a doer fisicamente. A carne dói, é machucada e em alguns momentos parece se dilacerar.
Tudo que está ligado à ansiedade, ao desconhecido, ao inusitado, causa apreensão, desconfiança e descrença, naturalmente assim, sem uma ordem correta, sem um estado d'alma gradativo. Não há como pular etapas, contornar as coisas, elas estão ali, te desafiando a todo o momento. Seja para que você siga em frente e vença, seja para que você lute e veja que é preciso de muito mais força do que imaginava ter, e assim é preciso repensar, reavaliar, tentar de outra forma.
E sinto-me assim, tomada por angústias e sensações desconhecidas, mas latentes, doloridas e que não passam assim com um simples sopro, um simples vento, um simples virar de páginas. Está lá no recôndito dos mais inimagináveis recantos de min'alma.
Vivo aquilo que sempre tive receio, angústia e certa apreensão e então dói, lateja e tanto a alma quanto o corpo doem....

Por Letícia Alves





terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

O que fazem os bibliotecários?



Mais sobre a minha profissão no texto abaixo!
 
"Trata-se de verdade incontestável o fato de a biblioteca mostrar-se essencial ao crescimento, desenvolvimento e, sobretudo, à transformação das pessoas.

Sem exigir horários nem uniformes, ela propicia a cada indivíduo a liberdade de conhecer o que quiser, quando quiser e como puder, em diferentes suportes (impressos, audiovisuais, cartográficos, ciberespaciais, entre outros), sem nada cobrar em troca; assegura a oportunidade de alcançar, ver, tocar, familiarizar-se com os mais diversos registros do conhecimento; oferece alternativa para escolha dos registros do conhecimento de interesse a cada um.

Se alguns levianos presumem-na morta e enterrada, a biblioteca renasce das cinzas qual fênix egípcia, simbolizando o deus sol e recriando-se.

Outra verdade estabelecida é o fato de haver diferentes tipos de bibliotecas. Cada país tem uma - e geralmente apenas uma - Biblioteca Nacional, destinada a preservar, disseminar e prover acesso à cultura e à produção bibliográfica (em sentido amplo) de uma nação, de um povo. Mais do que um patrimônio nacional, esse tipo de biblioteca faz-se patrimônio universal, na medida em que a cultura de um é parte da cultura do todo. Ao mesmo tempo em que olha para fora, para o mundo, uma Biblioteca Nacional precisa olhar para dentro e não somente preservar, mas difundir este patrimônio a seus concidadãos.

Os demais tipos de bibliotecas, ou centros de documentação, ou centros de informação, entre outras denominações, destinam-se a públicos específicos, mesmo que se refiram às incontáveis e diferenciadas parcelas de habitantes de uma determinada comunidade, município ou estado.

Seja qual for o seu tipo, portanto, cabe à biblioteca salvaguardar a história e os documentos relativos à comunidade ou à parcela de habitantes. Para tanto, há múltiplas funções a serem desenvolvidas, funções estas que requerem um profissional habilitado: o bibliotecário.

Cabe ao bibliotecário coletar obras, em quaisquer suportes, de interesse do público a ser atendido, para incorporação ao acervo. Ele necessita conhecer as características de edição, a seriedade das editoras e dos autores, sua competência no assunto, seu zelo pela língua portuguesa, seja nos originais ou nas traduções, suas diferentes visões de mundo, intérpretes, diretores, enfim, saber distinguir entre a boa qualidade de uma edição e a pura especulação comercial.

Cabe ao bibliotecário organizar o acervo, físico ou ciberespacial. Após selecionadas e coletadas, as obras necessitam de organização, visando a seu acesso pelo público, sob diversos enfoques de busca e recuperação. O bibliotecário conhece as normas e procedimentos para o intercâmbio nacional e internacional de informações bibliográficas e para adequação ao público.

Cabe ao bibliotecário disseminar as obras, por meios vários, inclusive ações culturais.

Cabe ao bibliotecário manter-se atualizado quanto às novas tecnologias voltadas à área biblioteconômica e a seus usuários.

Cabe ao bibliotecário manter-se atualizado quanto à cultura, à sociedade de modo geral e à comunidade em particular, de modo a promover a cidadania, a ética e a cultura da paz.

Cabe ao bibliotecário comunicar-se com o público, tornando o espaço biblioteconômico, tanto físico como ciberespacial, um lugar agradável e de lazer.

O hábito da leitura e do uso das instituições bibliotecárias desenvolve-se desde a mais tenra infância, ainda na pré-escola; estende-se ao longo da vida e permanece durante a terceira idade, caso se crie e se mantenha de forma adequada.

O bibliotecário, e somente ele, recebe formação consentânea e especializada para o cumprimento de todas essas funções, sendo portanto indispensável ao adequado funcionamento da biblioteca ou do centro de documentação e informação.

O bibliotecário é partícipe ativo da cidadania e da transformação de cada indivíduo."

Subscrevem este documento:
Profª Drª Eliane Serrão Alves Mey -  UFSCar (aposentada) e pesquisadora FAPERJ
Prof. Dr.  Marcos Luiz Miranda – UNIRIO*, Diretor da Escola de Biblioteconomia
Profª Drª Elisa Campos Machado – UNIRIO
Profª Maria Tereza Reis Mendes – UNIRIO

* A Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO – compreende o mais antigo Curso de Biblioteconomia do país, que celebra 100 anos em 2011.

(Nota explicativa: o texto foi elaborado para divulgação junto ao Gabinete do Ministério da Cultura. Foi elaborado sob a premissa de que todo cidadão pode e deve se manifestar a respeito de qualquer assunto, em especial aqueles que lhe dizem respeito mais de perto. Quem desejar pode assinar e divulgar o documento em qualquer tipo de veículo de comunicação. Pode incluí-lo em sites, blogs ou repassá-lo para órgãos da mídia. A autora, aliás, gostaria que o texto obtivesse mais assinaturas, fosse reproduzido e veiculado. OFAJ).
 
Fonte: Infohome: http://www.ofaj.com.br

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Caça às Bruxas...




E nesse fim de semana depois de quase 4 anos sem pisar em uma sala de cinema, lá fui eu, rever a magia da telona. Me recusei por um tempo a pisar nos shoppings lotados e filmes que não me faziam sair de casa (a tv a cabo faz essas coisas), mas como tudo no mundo, nada é definitivo. Eu voltei às origens, cinéfila que sempre fui, reestreei assistindo ao excelente Caça às Bruxas com um dos meu atores preferidos: o charmoso Nicolas Cage.
Para quem lê a sinopse pela internet, acha que só mais um filme de época que vai mostrar bruxas sendo queimadas e a Igreja contra os hereges, lá pelos idos do século XIV.
Mas o filme é mais do que isso, ele mostra que independente de qualquer religião/crença; o mal sempre está ali, bem do lado de qualquer um. E depende de cada um deixar que ele tome força ou não, e tome conta da vida e de lugares.

Saí do cinema com a sensação que o mundo não mudou, apenas seus personagens.


Recomendo!

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Selos...

Hoje vou postar 2 selos que recebi por esses dias.


O primeiro foi a Cris do blog Eu & Nanquim que me deu, olhem aí:




E acompanha perguntinhas sobre mim, lá vão as respostas:



Nome: Letícia Alves
Uma música: Envelheço na cidade - Ira!
Humor: misterioso
Uma cor: verde
Uma estação: Primavera
Como prefere viajar: avião e carro
Um seriado: Já vi alguns, hoje em dia não tenho paciência pra ver
Frase ou palavra mais dita por você: te falei....
O que achou do selo: interessante


Tem que indicar mais 15 blogs, mas vou deixar por aqui pra quem quiser participar.


Obrigada, Cris!




E o outro selo ganhei da Ingrid do blog Perfumes e Palavras. Um blog recente mas muito encantador e que traz paz e perfume em suas palavras.
O selo é esse aí embaixo.


Obrigada Ingrid!


E por hoje é só! 

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

A cada ano um dia é todo nosso....





E hoje escrevo para agradecer a Deus por mais um ano de vida, de caminhos, lutas e conquistas, alegrias e tristezas. E de constante aprendizado!
Meu primeiro aniversário sem mamãe, foi estranho, meio vazio, mas tenho que me acostumar.
E também agradeço a todos que me felicitaram nesse dia e me abraçaram de perto, de longe, mas com carinho e ternura.
Obrigada Cris pela homenagem!

Beijos! 

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Não te amo...

Tenho lido algumas coisitas por aí. Sem pressa e ao sabor do vento. E hoje pela manhã em um dia tão lindo e azul, li essa poesia que achei linda e compartilho com vocês.




NÃO TE AMO como se fosses a rosa de sal, topázio
ou flecha de cravos que propagam o fogo:
te amo como se amam certas coisas obscuras,
secretamente, entre a sombra e a alma.

Te amo como a planta que não floresce e leva
dentro de si, oculta, a luz daquelas flores,
e  graças a teu amor vive escuro em meu corpo
o apertado aroma que ascendeu da terra.

Te amo sem saber como, nem quando, nem onde,
te amo assim diretamente sem problemas nem orgulho:
assim te amo porque não sei amar de outra maneira,

senão assim deste modo que não sou nem és,
tão perto que tua mão sobre o meu peito é minha,
tão perto que se fecham teus olhos com meu sonho.


Pablo Neruda
In. Cem sonetos de amor
Soneto XVII