Postagens

Mostrando postagens de 2009

Ventanias Passadas...

Imagem
Mais um ano findando e com ele se vão palavras ditas, escritas, pensamentos, desejos e o próximo ano vem trazendo novos ares, novas alegrias e algumas tempestades.

E o ano encerra com essa postagem de número 327. Em janeiro, a busca, a tempestade e o recomeço foram presentes.

A busca continua, meu aniversário e o aniversário do blog em um fevereiro festivo.

Em março, amizades, retornos, me despedi do aparelho ortodôntico, comemorei o dia da bibliotecária.

O grande encontro do ano aconteceu em abril, no dia primeiro e não foi mentira.

Eterna busca, devaneios, questões marcaram o mês de maio.

Junho chegou trazendo novas perspectivas e prometendo mudanças.

Em vários devaneios, leituras e filmes, e julho veio sem pressa.

Agosto prometia muitas mudanças, novas perspectivas surgiam ao longe, nada de desistir.

Ah, a primavera e o setembro trazendo sempre a arte de ser feliz.

Outubro especial por muitos motivos, será esse meu mês de sorte?

E novembro chegou trazendo novos ares e ascensão profissional.

E d…

Esperando...

Imagem
Esperando por alguém que não vem....

Hoje...

Imagem
Mesmo sendo o meu melhor ano, hoje estou meio triste! Por que de vez em quando bate uma tristeza?

Saudades...

Imagem
Não preciso dizer mais nada.....

Ventos...

Imagem
Os ventos me contam o que tem feito,
Os ventos trazem seus pensamentos até mim,
Os ventos me levam ao seu encontro!

Os ventos me trazem saudades,
Os ventos me fazem pensar,
O que uma Tempestade pode sentir????

Amores Impossíveis...

Ah, o amor...
Esse sentimento que nos invade assim, sem pedir licença em arroubos de paixão e nos traz mudanças em tudo que somos, em tudo que pensamos e em tudo que queremos.
Mas também há os amores impossíveis...
Paixões arrebatadoras que são sentidas a cada batida do coração, a cada letra escrita, a cada palavra dita.
E essa paixão transforma-se naquele amor,

Que você aguardou por tanto tempo.
Ele chega em um momento que você não está livre pra ele, mas o quer custe o que custar,
E assim a vida traz mais uma de tantas surpresas que ela tem.
Amores impossíveis são tão ou mais verdadeiros que os que são totalmente possíveis e disponíveis,
São intensos, honestos, flamejantes.....

Um amor impossível foi o da Duquesa de Devonshire retratado no filme A Duquesa (trailer logo abaixo), desde muitos anos as pessoas sofrem com os desencontros do amor!



E sendo assim,

Te amo, viu?

Presentes....

Imagem
Presentes de alguém sempre presente, não importa a distância!
Te amo, viu?

Feliz Natal!

Sua falta...

Imagem
E nos seus braços sempre me sinto segura. O mundo pára e não ouço nada, apenas as batidas dos nossos corações. Tantos anos em busca de um amor puro, sincero, sem cobranças, apenas fluido. E nesses últimos dias, tenho sentido a falta da sua voz, do seu toque, e de sua presença tão necessária e constante. Mas fecho os olhos e sinto que está bem aqui, ao meu lado, e sinto o seu toque, ouço sua voz, e o seu abraço forte e amigo. E assim fortaleço esse amor! Te amo, viu?

Eu volto...

Imagem
Olá! Amigos, seguidores e visitantes....
Obrigada pela visita e leitura constantes e pelos comentários.
A minha vida essa semana, aliás, desde 01/12, está bem corrida. Passei por uma defesa de mestrado, posse no cargo de bibliotecária da UFMG e portanto em pleno exercício profissional nessa época maluca de fim de ano.
Não tenho tido tempo para visitar todos que acompanho e gosto e de postar textos meus, reflexões (acho que ando em um vazio criativo), para não deixar o blog totalmente desatualizado, programei algumas postagens que foram ao ar durante a semana. Foram frases que recebi por e-mail e outras que andei lendo por aí.
Pretendo em breve (quem sabe no fim de semana), colocar as visitas em dia e começar a retomar o lado criativo....
Obrigada a todos pelas visitas!

Beijos Tempestuosos!

Imagem
"Quando as palavras fogem, as flores falam".
Bruce W. Currie

Minha literatura agora...

Imagem
Minha Literatura Agora
Sua literatura,
Nossa literatura,
Minha literatura sempre agora.

Em Minha Literatura Agora, o James trata de assuntos ligados à literatura como os próprios livros, as músicas e os filmes e também expressa a sua própria literatura. E a literatura se faz no dia-a-dia, nos fatos inusitados e também nos corriqueiros, na música que nos encanta a alma, e no filme que nos faz pensar. Também naquele poema velho conhecido mas que a cada nova leitura nos traz outro sentido, e nos faz repensar e fazer outra viagem.

E assim, a minha, a sua, a nossa literatura vai quebrando barreiras e sendo compartilhada com os diversos leitores, é dessa forma que vejo o blog, Minha literatura agora.
Um blog diversificado e que atrai a atenção para os temas cotidianos e inusitados como forma de literatura.



Visitem!!!!!


*Esse post faz parte do amigo secreto promovido pela Vanessa do Fio de Ariadne, e esse post é meu presente para meu amigo secreto.

Verdadeiro amor....

Imagem
"O verdadeiro amor não está nas palavras mas nas ações, e só o amor pode conferir-lhe a verdadeira sabedoria".


Tolstoi (1828-1910)

Nós...

Imagem
Todas as noites,
Tudo é muito real,
E ao pensar em você,
Sinto sua mão me tocar.


Um toque leve,
Carinhoso,
E ao mesmo tempo,
Carregado de desejo.


Desejo de estar perto,
Aninhados,
Ouvindo o som da nossa respiração,
No ritmo pulsante de,
Dois corações.


E assim meu corpo,
Sente o seu,
Se junta ao seu,
Procura por você.

Nos encontramos,
Em um momento,
Só nosso,
Indescritível,
Inominável,
Mas intenso.

Pois sempre teremos mais do que pensamos.

Porque é além.....

Te amo, viu?

Por Tempestade

O que temos...

Imagem
O que temos é mais do que pensamos!

Por Tempestade

Vou te encontrar...

Imagem
No silêncio daquela noite,
Em que apenas o tilintar das gotas de chuva,
Que escorriam pela minha janela,
Eram a minha companhia.

Meu corpo procurava o calor do seu,
A cama ficou muito maior,
Minhas mãos tateavam de um lado para o outro à sua procura,
E nada encontrei.

Apenas travesseiros,
Lençóis amarrotados,
E a saudade que teima em invadir,
Meu corpo,
Minha mente.

E a cada dia,
Espero que esse calafrio,
Que sinto em meu peito,
Se acabe,



No abraço que terei ao te encontrar!

Você....

Imagem
E hoje acordei e passei o dia inteiro um trecho de música na cabeça.




Você deixa?

Livros e mais livros...

Imagem
Quem gosta de ler livros não pode perder duas oportunidades de sorteio na internet.O primeiro é no Skoob e para me ajudar, clique no link, pois assim eu e você (se cadastrar), podemos ganhar 10 livros. Cadastre e participe!





A outra oportunidade acontece no blog da Nade, no aniversário do Orgulho de Ser. Nesse mês esse belo blog completa um ano no ar e para nos presentear além de suas belas postagens diárias, a Nade está sorteando 4 livros.



Passe lá! A inscrição vai até dia 01 de Janeiro de 2010 e tem alguns requisitos como ser seguidor do blog.

Mais informações aqui.

Presentes de amizade...

Imagem
Hoje vou postar os presentes que venho recebendo durante os últimos dias. O primeiro é uma declaração de afeto que ganhei da Laura, como sempre muito atenciosa e amiga. Não vem com selo e nenhum meme, apenas temos que declarar nossa amizade a 10 amigos, e os nomeados devem declarar mais dez e assim sucessivamente. Então eu declaro meu afeto e amizade às seguintes pessoas: Madrasta, Wania, Lunna, Laura, Nade, Vanessa, , Tyna, Katy e Neguinha.


Esse selo que vou postar também ganhei da Laura e indico pra todos os amigos.




Esse selo representa os blogs que além da assiduidade das postagens e do esmero com que são feitos, provoca-nos a necessidade de refletir, questionar, aprender e sobretudo que instigam almas e mentes à procura de conhecimento e sabedoria.



O selo "Blog cheio de amor" indico pra Nany C., beijos amiga!


Os próximo selos ganhei do Arthur do blog Me Permita, é um blog muito bacana que exala amor e paixão, onde o Arthur traz poesias maravilhosas.
Ofereço aos amigos.








Beij…

Sonhos & Projetos IV

Imagem
Em 2001 ao ultrapassar os portões da UFMG, tinha à minha frente grandes desafios e também grandes sonhos. O primeiro que se iniciava era a graduação em biblioteconomia e com ela todos os desafios tanto de estudo como de inserção social em um país em que a cultura e a educação são relegados à último plano. Em tempos de internet, muito se ouviu e ainda se ouve: "Pra que existem bibliotecas?", "Pra que fazer esse curso?", "Quem lê livros?" e outras questões similares.
Só pra constar, o Google, maior sistema de buscas do mundo, mantém em seu quadro, bibliotecários para indexação de informações. Se hoje você tem altos índices de relevância para sua busca, deve-se a um trabalho de uma grande equipe e na qual o bibliotecário está inserido. Vamos parar com preconceito, pois acredito que todas as profissões no mundo tem seu valor social, e com a minha não é diferente.
Dessa forma, eu já me projetava daí a 5 anos ou mais, os meus sonhos e projetos no mundo acadêmico.…

Rascunhos...

Imagem
E nessas escritas,
Indas e vindas,
Em rascunhos,
Mal desenhados,
Surge uma imagem.

Ela me leva,
Me traz,
Pra tão perto,
Pra tão longe.

E você sempre estará,
Tão perto,
Tão longe,
Mas sempre comigo!


3.Tarefa BlogGincana

Imagem
A tarefa desse mês é a seguinte:


Fazer um post apontando até três blogs que considere bons e que não se tenham inscrito em nenhuma das BlogGincanas anteriores. Sobre eles, destaque os temas tratados, e ilustre sua postagem/tarefa com pelo menos uma imagem de cada um deles! Comunicar com esses blogs, de que estão sendo motivo de sua postagem.


A cada mês o nível de dificuldade vai aumentando, mas vamos lá.

Os três blogs:



A Madrasta Má



No A Madrasta Má você encontra tudo que se relaciona ao universo feminino, apresenta relatos muito divertidos sobre relacionamentos homem x mulher, histórias, opiniões, dicas e também os leitores podem falar mal de ex-namorado, sogra e tudo mais.Muito humor e bom gosto pode ser encontrado nesse blog. Recomendo!



O Profeta

No blog O Profeta, você encontra poesias lindas, sempre cativantes. E o Profeta sempre nos visita deixando em cada comentário versos encantadores. Um blog coberto de sensibilidade, quem não conhece deve visitar.





Infinito Particular - Ano II

"E…

Pouco a pouco...

Imagem
Pouco a pouco, tudo foi nos conduzindo
Sem querer nós fomos indo pra mesma direção
Pouco a pouco, tudo foi nos convencendo
Você foi me conhecendo e me abriu seu coração

Pouco a pouco, você foi me aprendendo
Sem querer eu fui querendo ficar preso nos teus braços
Pouco a pouco esse amor que foi crescendo
Ocupou em nossas vidas quase todos os espaços

Pouco a pouco foi que eu pude perceber,
Que gostar é diferente de querer
E agora pelo muito que você gosta de mim
Não é pouco o que eu gosto de você

De você...

Pouco a pouco foi que eu pude perceber,
Que gostar é diferente de querer
E agora pelo muito que você gosta de mim
Não é pouco o que eu gosto de você

Pouco a pouco foi que eu pude perceber,
Que gostar é diferente de querer
E agora pelo muito que você gosta de mim
Não é pouco o que eu gosto... de você


Gilliard

Meu coração...

Imagem
Meu coração,
Pequeno,
Indefeso,
Desconfiado.

Você,
Distante,
Apaixonante,
Instigante.

E o meu coração,
Aflito,
Pequenino,
Se encantou.

E assim aos poucos tento dissipar a solidão.

Por Tempestade

A culpa é da vontade...

Imagem
A culpa não, não é do sol, se o meu corpo se queimar
A culpa não, não é do sol, se o meu corpo se queimar

A culpa é da vontade, que eu tenho de te abraçar

A culpa não, não é da praia, se o meu corpo se ferir
A culpa não, não é da praia, se o meu corpo se ferir

A culpa é da vontade, que tenho de te sentir

A culpa é da vontade, que vive dentro de mim, e só morre com a idade, com a idade do meu fim..

A culpa é da vontade..
A culpa não, não é do mar, se o meu olhar se perder
A culpa não, não é do mar, se o meu olhar se perder

A culpa é da vontade, que tenho de te ver,
A culpa não, não é do vento, se a minha voz se calar
A culpa não, não é do vento, se a minha voz se calar

A culpa é do lamento que sufoca o meu cantar

A culpa é da vontade, que vive dentro de mim, e só morre com a idade, com a idade do meu fim..
A culpa é da vontade, que vive dentro de mim, e só morre com a idade, com a idade do meu fim..

A culpa é da vontade
A culpa é da vontade
A culpa é da vontade
A culpa é da vontade

Anto…

Sonhos & Projetos III

Imagem
Ando sumida por causa disso aí em cima! (clique em cima pra aumentar)

Volto depois e com tempo!Por vezes posso postar esporadicamente!

Beijos Tempestuosos!



Blog Fantástico

Imagem
Recebi esse meme com selo da Flávia do blog Poetriz.

Segue abaixo as perguntinhas:


1. Enumerar cinco coisas que você gosta em um livro:

*enredo, capa, autoria, cheiro, cores

2. O que você seria capaz de fazer por um livro?

*nada tão extraordinário, mas adoro livros.

3. Quando você vai comprar um livro, o que te chama a atenção? Enumere quatro coisas:

*capa, sinopse, cores, cheiro.

4. Cite as nove melhores coisas em uma amiga:

*honestidade, transparência, companheirismo, cumplicidade, alegria, ternura, amizade, afeto, segurança.

5. Indicar três blogs para o selinho:

*Wania
*Lunna
*Laura

Gostei desse meme! muito bacana! espero que as indicadas gostem!
Beijos Tempestuosos!

Pensando....

Imagem
Em frente ao mar,
Olhar perdido,
Descontínuo,
Longíquo.

Ter pouco ao invés de nada,
Sentir o coração pulsar mais forte,
Ao invés da calmaria.

Sentir ventanias,
Carregadas de emoção,
Tempestades,
Verões.

Amar é muito mais que muita coisa,
O que é o amor?

Procurando no horizonte a resposta,
Que muitas vezes pode estar tão perto,
E ao mesmo tempo tão distante!

Por Tempestade

Voz...

Imagem
O tom da sua voz,
Traz ventanias que me alegram a alma.

Amo-te!

Clarice falando por mim...

Imagem
Temperamento impulsivo

“Sou o que se chama de pessoa impulsiva. Como descrever? Acho que assim: vem-me uma idéia ou um sentimento e eu, em vez de refletir sobre o que me veio, ajo quase que imediatamente. O resultado tem sido meio a meio: às vezes acontece que agi sob uma intuição dessas que não falham, às vezes erro completamente, o que prova que não se tratava de intuição, mas de simples infantilidade.
Trata-se de saber se devo prosseguir nos meus impulsos. E até que ponto posso controlá-los. [...] Deverei continuar a acertar e a errar, aceitando os resultados resignadamente? Ou devo lutar e tornar-me uma pessoa mais adulta? E também tenho medo de tornar-me adulta demais: eu perderia um dos prazeres do que é um jogo infantil, do que tantas vezes é uma alegria pura. Vou pensar no assunto. E certamente o resultado ainda virá sob a forma de um impulso. Não sou madura bastante ainda. Ou nunca serei.”

Por Clarice Lispector
Em Aprendendo a viver

Sonhos & Projetos II

Imagem
Estou escrevendo esse post primeiro para agradecer a todos que me visitam tanto pela primeira vez quanto aos meus seguidores antigos e os novatos.
A vida anda corrida essa semana pois estou nas vias de concretização dos meus sonhos e projetos, além de outras novidades que contarei depois.
Gosto de visitar quem me visita e conhecer novas pessoas, prometo colocar as visitas em dia e também as postagens por aqui.
Agradeço a todos vocês e logo estarei de volta.
Beijos Tempestuosos!

Apesar...

Imagem
Apesar da distância,
Te amo!
Apesar dos obstáculos,
Te amo!
Apesar do tempo,
Te amo!
Apesar das ventanias,
Te amo!

Apesar de tudo,
Te amarei pra sempre!

Pés...

Imagem
“Mas se amo os teus pés é só porque andaram sobre a terra e sobre o vento e sobre a água até me encontrarem.”

Pablo Neruda

Coração em ventania...

Imagem
Coração em ventania,
Felicidade desmedida,
Nem sempre alegre,
Porém, em perfeita sintonia.

Ventos que se vão,
Outros que chegarão,
Turbilhão de emoções.


Ar,
Fogo,
Terra,
Água,
Elementos distantes,
Inconstantes,
Destoantes.

Os ventos sopram em direção oposta e com eles todos os sentimentos....

Por Tempestade

Vários nãos.... alguns sins...

Imagem
Não! ela nunca soube pra onde ir.
Os caminhos sempre estavam sombrios e andava sem direção.
Não! ela nunca acreditava que em algum caminho pudesse uma mão surgir e a levar.
As mãos que apareciam nunca eram firmes, amorosas, dedicadas.


Não!ela nunca pensou em chegar muito longe.
As estradas eram curtas e finitas.
Não! ela nunca ousou olhar para os lados.
O medo a atormentava.


Não! ela nunca acreditou no amor.
Ele não existe.
Não!ela nunca imaginou que fosse abrir seu coração há tempos trancado.
A chave se perdeu com o último romance partido.


Não!ela nunca imaginou sentir tanta alegria.
A felicidade nunca apareceu em sua vida.
Não!ela nunca abriu um sorriso franco e sincero.
Motivos pra isso nunca existiram.

Não!ela nunca andou de mãos dadas.
As mãos que buscou se esconderam.


Não! ela nunca pensou que sorriria novamente, amaria pela primeira vez, trilharia um novo caminho iluminado, olharia para todos os lados e caminharia de mãos dadas.
Ela sorriu, amou, trilhou e caminhou olhando para todos os lados enq…

Amores...

Imagem
Amores literários não se despedaçam...
Encantada com a obra de Dickens.

Volto depois para falar sobre o livro que estou lendo.

Desculpe...

Imagem
Desculpe por te amar assim tão prontamente,


Desculpe por abrir meu coração há tanto tempo endurecido,


Desculpe por esperar-te a cada dia,
e imaginar que cada segundo se tornava horas sem você,


Desculpe por entrar assim na sua vida feito
tempestade levando comigo minhas ventanias,


Desculpe por deixar florescer esse amor,



Desculpe por eventuais estragos que esses ventos deixaram....

Por Tempestade

Noções...

Imagem
Entre mim e mim, há vastidões bastantes
para a navegação dos meus desejos afligidos.


Descem pela água minhas naves revestidas de espelhos.
Cada lâmina arrisca um olhar, e investiga o elemento que
a atinge.


Mas, nesta aventura do sonho exposto à correnteza,
só recolho o gosto infinito das respostas que não se
encontram.


Virei-me sobre a minha própria existência, e contemplei-a
Minha virtude era esta errância por mares contraditórios,
e este abandono para além da felicidade e da beleza.


Ó meu Deus, isto é a minha alma:
qualquer coisa que flutua sobre este corpo efêmero e
precário,
como o vento largo do oceano sobre a areia passiva e
inúmera...

Cecília Meireles



*essa postagem faz parte do "Abres aspas" terceira edição, promovido pela Lunna do Teorias Impossíveis. Para conhecer os outros participantes, clique aqui.

O cachimbo....

Escrevendo pra parabenizar a Dalva do Infinito Particular II.
Leiam o comentário dela.

Realmente não é um cachimbo!

Beijos Tempestuosos!

Vamos pensar? II

Imagem
René Magritte (1896-1967), Bélgica
La trahison des images (Ceci n'est pas une pipe), 1928-29.

E eu continuo afirmando que isto não é um cachimbo!
Aguardando alguém me dizer o porque!


Trilhas....

Imagem
E à noite penso nos caminhos que trilhei,
Quantos obstáculos vivenciei,
A estrada era longa mas não infinita,
Enfim, cheguei ao meu destino.

Destino final?
Não!
Sempre haverá uma busca,
Por novos horizontes,
Desafios,
Verdades,
Certezas,
Incertezas....


O coração aquietou?
Por um tempo...
Tempestades são sempre inconstantes,
Impactantes,
Mas com certeza apaixonantes.

Por Tempestade

Vamos pensar?

Imagem
Isto não é um cachimbo.


René Magritte (1896-1967), Bélgica
La trahison des images (Ceci n'est pas une pipe), 1928-29.

Entendendo a felicidade...

Imagem
Arthur Schopenhauer

Nunca presenciei leitura tão atual quanto A arte de ser feliz do Schopenhauer. À primeira vista, quando alguém se depara com o título vai logo pensando em auto-ajuda. Não, não é nenhum livro de auto-ajuda. Nessa coletânea das 50 máximas sobre a felicidade, Schopenhauer nos convida a refletir sobre tão complexo sentimento humano (um deles): a felicidade. Esse extrato de leitura pertence à sua obra Parerga e Paralipomena. A qual também tem outro assunto que foi publicado como extrato e que se chama A arte de escrever (postarei depois sobre esse livro).



Através de seu realismo - que para muitos estudiosos desse brilhante filósofo alemão tratava-se de pessimismo- ele expõe as condições da felicidade. Na verdade a felicidade não existe! Sim, é isso mesmo que você acabou de ler. O que existe são momentos de alegria, satisfação, massagem no ego. Em determinada passagem o autor diz que o ser humano deve viver com preocupação de minimizar os momentos de infelicidade ou dor, …